Agora a nutri parceira @nutriangelinazapponi angelinazapponi nos explicará em diversos posts como a nutrição adequada ajuda nos treinos de Crossfit.

O Crossfit é uma modalidade inclui exercícios intervalados e de alta intensidade, mesclando levantamento de peso olímpico (LPO), ginástica e exercícios cíclicos (corrida, bike e remo).
As aulas duram cerca de 1 hora e são divididas em três etapas: aquecimento e alongamento dinâmico; técnica, em que os alunos aprendem ou aperfeiçoam alguns exercícios; e, por fim, a parte mais esperada, o WOD (Workout of The Day), que consiste na execução dos exercícios aprendidos na etapa anterior e de forma intensa, no menor tempo possível ou na maior quantidade de séries em um determinado tempo.
Diferentemente de outras modalidades esportivas, no crossfit a nutrição ocupa a base da pirâmide para a performance esportiva.
Ela vem adequar o gasto calórico do atleta/ esportista que treina sob alta intensidade e atuar de maneira a potencializar a eficiência energética durante o treino, retardar a fadiga, oferecer suporte à reposição de glicogênio, otimizar a recuperação muscular e favorecer hipertrofia.

O carboidrato ocupa lugar de destaque: indicado no pré, durante e pós treino para quem busca performance. As recomendações atuais variam de acordo com a intensidade do treino e adaptação do atleta, podendo chegar até a 10g por kilo de peso corporal ao dia.
É importante introduzir o consumo de alimentos que estimulam a cadeia respiratória como oleaginosas, amendoim, levedo de cerveja, sardinha, abacate, vegetais folhosos verde escuros, algas, grão de bico, semente de abóbora, cenoura, brócolis, grãos integrais, maçã, berries, cebola, beterraba e óleo de coco por exemplo.
Como em qualquer atividade física, o equilíbrio entre treino, hidratação, alimentação e descanso é que será o responsável por boa performance esportiva e recuperação muscular adequada.
Procure sempre um bom profissional e bons treinos!